sábado, 25 de maio de 2013

Trotes e prisões: a opinião do DCE UFSJ


A notícia da prisão de quase 60 estudantes da UFSJ, por constrangimento ilegal, é um alerta para que os trotes recuperem seu caráter acolhedor. 

A Lei 4.779, decretada pela prefeitura de São João del-Rei em maio de 2012, surpreendeu a todos com a detenção de quase 60 universitários, entre calouros e veteranos. A lei municipal pune crimes de contravenções penais como maus tratos, constrangimento ilegal e exposição de menores. Veja a lei aqui e aqui

O fato inédito dessas prisões mostra que a lei está sendo cumprida e que algumas práticas não podem ser toleradas como brincadeiras. Por isso, a tradição do trote precisa ser repensada por toda a comunidade universitária, em especial pelos estudantes veteranos.

O DCE reprova ações violentas e constrangedoras como forma de dar as boas-vindas aos ingressantes. Por isso lançamos, em parceria com a Reitoria, uma campanha contra a humilhação e a violência nos trotes. 


Resultado da Acolhida no Campus Alto Paraopeba
Também construímos, com a PROEN, a CENJE, a Atlética e o PET Filosofia, a Acolhida UFSJ. A Acolhida foi pensada para integrar calouros e veteranos com debates, gincanas e ações sociais. No CAP, por exemplo, a Acolhida arrecadou 800kg de alimentos e 700 peças de roupas.



O DCE se dispõe a fazer uma avaliação, juntamente com os estudantes, sobre a lei 4.779 para encaminhar ao prefeito. Também convidaremos a Prefeitura Municipal e outras autoridades da cidade a se juntarem a nós em campanhas educativas contra a violência e pelo fortalecimento de trotes acolhedores.


Secretaria de Comunicação
DCE UFSJ

8 comentários:

  1. O DCE muito menos a universidade ofereceu essa informação hora nenhuma, fazer campanhazinha tentando fazer um assistencialismo barato e dizer depois que é contra trote e julgar os que fazem como bandidos é fácil, quero ver ficar ao lado deles agora!

    ResponderExcluir
  2. Acho interessante vocês recolherem informações dos particpantes dos trotes (Calouros), estão todos divulgando que o trote foi violento, vergonhoso, constrangedor, mas ngm perguntou aos calouros se eles se sentiram assim. Façam uma nota perguntando aos mesmos se descordam da pratica do Trote.

    Democracia, a gente se vê por aqui!

    ResponderExcluir
  3. Thiago Zoroastro26 de maio de 2013 14:59

    ôoo anônimo coloque seu nome aí! Tem lugar de colocar nome e de proibir anonimato.

    O DCE sempre esteve falando nas campanhas contra violento por todo esse ano!

    ResponderExcluir
  4. Prisão bem feita e justíssima. O número de estudantes envolvidos mostra bem a intenção deliberada de aplicar a humilhação.
    É ingênuo quem acha que isso é recepção!
    Não é normal receber os novatos com vexame público. A LEI está ai para ajudar a derrubar esse tipo de conceito.
    Espero que a sua aplicação continue rígida e não mude!

    ResponderExcluir
  5. Da ate vergonha de ler uma noticia desse no DCE da UFSJ, pois ao invés de ta dando apoio aos bolsista que nesse fim de semana ficaram sem comer 'que foi meu caso' pois o restaurante amarelinho não suportou tanta gente, por cupa desse assistência de merda que a mais de quatro messe não arruma um restaurante aqui no centro,ficam babando os ovos dos professores, so tenho uma coisa a dizer "DCE DE BOSTA" se fosse pra ser assim q nem existisse...

    ResponderExcluir
  6. Medida muito bem aplicada!
    Leis como esta são para acabar com esta cultura de violência!
    Espero que ações como esta aconteçam mais vezes!
    Que continue sendo aplicada com RIGOR!

    ResponderExcluir
  7. Concordo com o anonimo, além disso, dizer que foi violenta é brincadeira, uma simples brincadeira, e os calouros que participaram não foram obrigados, é querer chutar cachorro morto e fazer polemica gratuita, foram imbecis a população, a universidade, a policia e os alunos, infelizmente estamos na era do falso moralismo, e nada pode mais sem essas repercussões idiotas, e ainda fica o pró-reitor de gracinha querendo aparecer, completo imbecil.

    ResponderExcluir
  8. Vamos combater mesmo essa recepção violenta de calouros!
    CHEGA!
    Esta lei é bem vinda e deve ser aplicada com rigor quando esse tipo de coisa acontecer!
    A cultura de PAZ começa com o respeito à liberdade e dignidade humanas.
    Eu apoio esta lei!

    ResponderExcluir